Visitantes


Navegação

Menu

Brisas

Meteo

Uma Brisa é um vento local suave causado pelo aquecimento e pelo arrefecimento desigual de superfícies adjacentes, sob influência da radiação solar (durante o dia) e da radiação terrestre (durante a noite), que produzem um gradiente de pressão (razão de decréscimo ou aumento da pressão por unidade de distância num determinado período de tempo) entre o cume e o vale ou numa zona costeira,entre a superfície aquosa e terrestre.

Brisa01 Brisa da montanha – vento fresco e moderado que sopra à noite do cume da montanha para o vale (catabático ) porque à noite, os cumes arrefecem mais rapidamente, formando-se aí altas pressões e nos vales, com um arrefecimento mais lento, formam-se baixas pressões.

Brisa02Brisa do vale – sopra de manhã do vale para a montanha (anabático) porque os cumes da montanha aquecem primeiro que o vale, formando-se nos cumes baixas pressões.

Brisa03 Brisa marítima – vento que sopra de dia, do mar para terra. Durante o dia, a terra aquece mais rapidamente, originando em terra baixas pressões e no mar altas pressões.

Brisa04Brisa terrestre – vento que sopra de noite, da terra para o mar. Durante a noite a terra arrefece mais rapidamente, formando-se aqui altas pressões, enquanto a água arrefece mais lentamente, criando-se no mar baixas pressões.

Como varia a Intensidade do Vento?
A velocidade do vento depende do gradiente barométrico, da força de atrito sobre o solo e da densidade do ar.
Quanto maior for a diferença de pressão atmosférica, maior será a velocidade do vento
Quanto maior for a força de atrito provocada pelo relevo, edifícios, vegetação, etc, menor será a velocidade do vento
O ar é mais denso à superfície do que em altitude. Assim, a velocidade do vento é maior nas zonas de maior altitude.